terça-feira, maio 30, 2006

Nós, ilha Terceira
















Ilha miúda, terra morena
Vivermos nela, bem vale a pena.
De alma aberta, hospitaleira,
Heróis na História - ilha Terceira.
Aldeias fartas, casas caiadas,
Portas abertas, arcas pejadas,
Gados pastando, tenra verdura,
Qeijos, fumentos, rica fartura.

Espírito Santo, alcatra e bodos
De leite e vinho - pão para todos.
Povo que canta, povo que reza,
Pobres e ricos na mesma mesa.
Toiros, touradas, grande folia,
Povo que lida com alegria.
Gentes de fora, cá têm guarita
A partilharem da nossa vida ...


Autora:
Maria do Céu

segunda-feira, maio 29, 2006

A nossa Terra

Ilha Terceira - vista sobre os ilhéus das cabras

Na nossa terra, a ilha Terceira, a actividade económica principal é a agricultura , sendo parte dela a agro-pecuária. Temos também a vinicultura e a agricultura de subsistência, ou seja, para consumo próprio.
O turismo sendo uma fonte de rendimento importante para a nossa terra, também tem sido incentivado e desenvolvido.
A pesca que garante o orçamento para algumas famílias contribui igualmente com o peixe fresquinho tão apreciado por estas bandas na nossa culinária.
Temos, também, as nossas festas tradicionais tais como o Carnaval, as festas do Espírito Santo e as festas de Verão das freguesias onde se incluem as touradas à corda que são muito populares .
E no final do ano temos o Natal que, já hoje, é muito celebrado na nossa ilha, sendo a festa que mais reúne as famílias.

quarta-feira, maio 24, 2006

O Mar


Eu acho que o mar tem dois lados, o lado maravilhoso e o perigoso.
Eu gosto muito do lado maravilhoso, mas também conheço o lado perigoso.
No Verão, eu adoro ir para o mar salpicar a água, correr, dar um mergulho e no fim do dia ver o pôr-do-sol desenhado na água. É tão lindo!
Para mim, o mar azul é a coisa mais linda que eu já vi em toda a minha vida!