sexta-feira, novembro 03, 2006

A minha boneca


A minha boneca ó que encantadora
Antes dos 15 anos já estará uma senhora.

Abre e fecha os olhos quando eu quero
Só lhe quebra o sono quando ladra o nero .

Ainda ontem lhe talhei 2 lindos vestidos
Uns da moda agora justos e compridos.

E ao fazer exame se lhe ficar destinta
Cobro-a toda de ouro do pescoço até à cinta!



Quem me ensinou esta poesia foi a minha avó que a representou quando era criança.